Sobre nós

"Civilização é o processo de libertar o homem dos homens". Ayn Rand

Caro(a) amigo(a),

Não acreditamos que ser homo ou bissexual significa simpatizar-se com os grupos de esquerda ou votar em partidos como o PT, o PSOL ou o PSTU. Sabe-se que determinados grupos de direitos dos homossexuais no Brasil
parecem compartilhar com os ideais de esquerda, acusando o mundo capitalista e a "direita" reacionária pelos males que sofremos. Eles esquecem de dizer (ou preferem não comentar) que nos países comunistas e árabes homossexuais sofrem violências (física e mental), são torturados e presos. Por ironia, é no mundo capitalista e ocidental que os mesmos encontram liberdade e são livres para agirem e pensarem do jeito que quiserem.
É claro que boa parte dessas organizações não têm como interesse defender os direitos civis e as liberdades individuais dos GLBT, mas sim apresentam a intenção de arrecadar votos e de homogenizar o discurso.

Por exemplo, chamar de homofóbicos um skinhead espancador de homossexuais e um líder religioso que diz ser contra o casamento gay por motivos teológicos é uma forma injusta e ingrata de nivelamento. Pode-se ir além: é uma forma mais que descarada de censurar a opinião alheia.

De modo que podemos pensar: o atual movimento homossexual está interessado em lutar por nossos direitos civis ou deseja ser uma espécie de KGB que possui a função de ditar regras e comportamentos?

Sendo assim, queremos (talvez seja pretensão) surgir como um contra-ponto para o atual movimento GLBT.

Nós acreditamos na igualdade entre os cidadãos, na igualdade de direitos e deveres, na liberdade de viver sua orientação sexual com serenidade e dignidade. Defendemos a liberdade em todos os seus aspectos (econômica, política, de expressão, etc.) Acreditamos nos direitos civis, no pluripartidarismo e na democracia.
Opomo-nos ao relativismo cultural e à tolerância de crenças desumanas, à discriminação e  aos abusos em nome do respeito à religião ou à cultura.
Dessa forma se você é homo, bi ou heterossexual e compartilha com a nossa visão, pedimos para se juntar a nós!

Um comentário:

  1. O que me causa espécie é o fato de vocês exercitarem o direito à livre expressão de forma anônima.

    Tanta luta pela democracia, pelas liberdades civis, pelo estado de direito e vocês simplesmente usam do anonimato?

    Quem são as valorosas pessoas que tem coragem de expressar os seus pontos de vista, na contramão do discurso hegemônico?

    Penso que se desejam de fato ocupar o espaço público para debater as suas ideias vis a vis as que vocês reputam *de esquerda*, o primeiro passo deveria precisamente não usar do anonimato.

    ResponderExcluir